Páginas

Total de visualizações de página

domingo, 20 de novembro de 2011

Carta a Veja - Saiu na pagina 55 mas editada.


Caros,

No principio do mês de agosto de 2011 estive na Russia a passeio com meu filho. Foi uma viagem bastante interessante, a começar pelo Aeroporto Domodedovo, onde não gastei mais do que 5 minutos para entrar no país, sem falar uma unica sílaba de russo. Mas acredito, sinceramente, que a Russia ainda não está preparada para turismo. Com exceção dos bons hotéis e poquissimos outros lugares, ninguém fala uma só palavra de inglês em Moscou. Em St. Petersburg a situação é bem melhor.

Por ter feito esta viagem recente é que a materia de Veja de 9 de Novembro, pg 126 e seguintes me chamou a atenção. Ela esta bem completa e a revista de parabéns. Os contrastes entre os novos russos ricos e a maioria dos demais russos é realmente interessante. Nunca vi tantos carros de luxo como em Moscou (BMW, MB, Maserati, etc) ao lado de carros do período soviético.

Um único reparo, entretanto, me parece necessário fazer: a foto que ilustra a parte superior da pagina 130 com a legenda " Militar caminha no centro de Moscou..." não é de um militar mesmo. É de um ator que trabalha na Praça Vermelha e empresta sua aparencia similiar ao do ex-premiê Leonid Brezhnev para turistas tirarem fotos por alguns rublos. Como prova anexo a esta a copia de foto que eu mesmo tirei do citado "militar", a espera de um turista.

Além disso se forem ao Google e pesquisarem as cores dos novos uniformes militares russos verificarão que as cores são vermelho e azul.

Só mais uma ultima coisa: levei os mesmos 5 minutos para sair da Russia, na volta. No Aeroporto de Brasilia, onde fiz a reentrada no Brazil, como brasileiro e falando a lingua local eu gastei... 55 minutos! Mandei email para a Presidencia da Republica comentando as disparidades, mas infelizmente ninguem se dignou me dar nenhuma resposta.

Abraço a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: