Páginas

Total de visualizações de página

domingo, 31 de julho de 2011

Mais um destino de sonho

Costa Amalfitana...
No mês passado fiz a lista dos 10 destinos de sonho a serem ainda visitados. Acrescente mais um ... a Itália que atrai os famosos: Costa Amalfi.
Amalfi | Itália

A famosa costa de Amalfi, a sul de Nápoles, tornou-se conhecida graças às pitorescas vistas panorâmicas de que se desfruta do alto das colinas da cidade que lhe dá o nome, de Positano e de Ravello. Acolhe alguns dos melhores hotéis e restaurantes italianos, empoleirados ao longo do litoral escarpado, pelo qual se distribuem pequenas baías. Há muito que atrai celebridades, entre elas Greta Garbo, D.H. Lawrence – que aqui escreveu O Amante de Lady Chatterley –, Jacqueline Kennedy, Carolina do Mónaco e, mais recentemente, Brad Pitt e Angelina Jolie.
 

História: Segundo a lenda, Hércules, filho de Zeus, amava uma ninfa que morreu prematuramente e decidiu sepultá-la no mais belo lugar do mundo. Para a imortalizar, deu ao local o seu nome: Amalfi.
Na realidade, a origem desta cidade deve-se a uma tempestade que interrompeu a viagem de famílias romanas a caminho de Constantinopla e que aqui pernoitaram, fundando Melfi e Amalfi. Durante os séculos X e XI a cidade conheceu grande prosperidade, ocupando no Mediterrâneo o papel que mais tarde teriam Pisa e Génova. A decadência chegou em 1135 quando os pisanos, chamados para ajudar a combater os normandos, a saquearam. Um maremoto, descrito por Petrarca, e a peste de 1348, mencionada por Boccaccio, fizeram esquecer a glória de Amalfi, que se tornou numa modesta aldeia piscatória e só no século XIX viria a renascer, graças ao turismo.


Positano | Costa de Amalfi

A não perder: Explore os 50 km de costa, de Sorrento a Salerno, para desfrutar das paisagens magníficas. Vale verdadeiramente a pena apanhar um barco no porto de Positano para ir visitar a Grotta delle Matera; a Marina di Crapolla, com ruínas romanas na praia, e as pequenas ilhas Li Galli, que os antigos acreditavam serem habitadas por sereias que encantavam os marinheiros e os faziam encalhar nas rochas. Entre Positano e Amalfi, uma das principais atracções é a Grotta dello Smeraldo, perfeita para nadar e acessível de barco. Como acontece por toda a Itália, não faltam por aqui monumentos para visitar, entre eles, o Duomo de Amalfi, que remonta ao século IX e fica situado no cimo de uma escadaria íngreme. Na praça em frente, o Bar Francese é um bom local para beber um cappuccino.
 

Como ir: O aeroporto mais próximo é o de Nápoles, que fica a cerca de 60 km da Costa Amalfitana. A Alitália possui voos, via Roma, por tarifas desde €309 mais taxas.
 

Onde ficar: Em Positano não faltam alternativas, como Il San Pietro de Positano (www.ilsanpietro.it; diárias desde €440), um dos melhores hotéis da costa, com uma vista espectacular e praia privativa, e o mítico Le Sirenuse (www.sirenuse.it), membro dos Leading Hotels of the World e que possui o melhor restaurante de peixe da cidade, além de um bom spa. Em Amalfi pode instalar-se em antigos conventos convertidos em unidades hoteleiras: Luna Convento (www.lunahotel.it), onde em tempos dormiram Wagner, Ibsen, Bismarck, Tennessee Williams e Mussolini, e Cappuccini Convento (tel. 0039 089 871 877). Em Ravello, o Palazzo Sasso (www.palazzosasso.com), que os leitores da Condé Nast Traveller consideraram um dos melhores hotéis da Europa em 2004, tem um excelente restaurante; e a Villa Cimbrone (www.villacimbrone.com) oferece quartos com frescos nos tectos e decorados com antiguidades.
Para mais informações: www.costadiamalfi.it

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: