Páginas

Total de visualizações de página

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Fast Food

Uma das caracteristicas ocidentais mais presentes na Russia atual são os fast-food. MacDonalds, Subway, Starbucks, etc. estão presentes nas cidades onde estive. Em Moscou, inclusive, tive uma constatação do que realmente é um fast-food: um lanche Big Tasty com fritas e sprite saiu em menos de 15 segundos.


O fast food norte-americano foi globalizado há anos, é claro. E a China e a Índia continuam sendo grandes mercado em expansão. Mas ultimamente, o setor está encontrando um apetite cada vez maior por sua comida na Rússia – não só pela pizza, mas pelos Whoppers do Burger King, os Classic Rolls Cinnabon, e os sanduíches de churrasco de porco do Subway, entre outros.

Durante anos, o McDonald's, que abriu seu primeiro restaurante na Praça Pushkin em 1990 e gerou filas gigantescas, foi a única rede de fast-food norte-americana na Rússia. O McDonald’s hoje opera 279 restaurantes na Rússia.  Mas outras redes estão chegando. O Burger King abriu 22 restaurantes, principalmente em pequenas praças de alimentação em  São Petesburgo,  por exemplo, onde meu filho comeu o tradicional. AWendy's abriu dois restaurantes, incluindo um grande na rua Arbat em Moscou.

A rede de sanduíches Subway abriu cerca de 200 lojas na Rússia, trabalhando com vários franqueados. A Yum Brands, que é dona do KFC, Pizza Hut e Taco Bell, opera uma rede de restaurantes em parceria na Rússia, chamada Rostik's-KFC, e o Il Patio no segmento de comida italiana. A Yum agora tem cerca de 350 restaurantes na Rússia.

O desenvolvimento da infraestrutura moderna necessária para que os fast-food floresçam abriu o caminho em muitas cidades russas – incluindo shoppings com praças de alimentação, metrôs e locais de drive-trhu, e especialmente fornecedores de alimentos congelados e embalagens.

Será que Gorbachev já procurou uma delas?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: