Páginas

Total de visualizações de página

terça-feira, 1 de março de 2011

Festival da Cerveja 2011 - Paulistânia


Quando bebemos nossa cerveja dificilmente imaginamos a importância dela em nossa sociedade. Na atual era poucos conseguem imaginar o quanto que a cerveja contribuiu para o crescimento da sociedade e da humanidade. Acho que foi pensando em mostrar a importância da cerveja em diversas áreas do conhecimento que o Discovery Channel resolveu produzir um documentário, que foi exibido nos Estados Unidos. Seria ótimo se ele fosse transmitido aqui no Brasil também.

Você sabe o que realmente foi responsável ou estimulou o fim das sociedades nômades, a invenção da agricultura, da roda, da matemática, da escrita, a construção de cidades, das pirâmides do Egito também? O que foi responsável pela manutenção da saúde em tempos onde a água era contaminada? O que ajudou no desenvolvimento da economia, do comércio, do capitalismo moderno? O que esteve ao lado da ciência em vários momentos, como no descobrimento das bactérias, no desenvolvimento da pasteurização, na estabelecimento de princípios básicos da medicina moderna? O que foi responsável pelo desenvolvimento da refrigeração artificial?

Todas estas perguntas têm uma resposta em comum: a cerveja.

Uma das ultimas que provei é uma nova, chamada de Paulistânia, que tem um belo trabalho de marketing. Ela será encontrada com 12 rótulos diferentes, reproduzindo fotos antigas de locais importantes na cidade de São Paulo. Segundo a empresa, esta é uma forma de celebrar as tradições e a diversidade cultural comum a todas as metrópoles do Brasil e do mundo.

A Paulistânia é uma cerveja leve, refrescante e equilibrada. As carcterísticas principais de aroma e sabor dela remetem a malte e lúpulo. Eles estão lá, são facilmente identificáveis e estão muito bem equilibrados. O amargor dela é uma boa surpresa. No início dá a impressão de ser um amargor tímido, mas em poucos segundos ele fica mais evidente, toma a boca e deixa uma sensação gostosa na boca. Claro que a temperatura de serviço influencia muito o potencial de amargor.

Está muito boa para o que se propõe: uma Lager leve e refrescante para brigar com as outras que temos no mercado. Pessoalmente gostei mais do sabor que do aroma, que poderia ser mais limpo, principalmente o de lúpulo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: